quarta-feira, 8 de junho de 2011

Note to my readers:

Eu sei que estou terrivelmente em falta com vocês. A verdade é que, além de estar completamente sem tempo, e empenhada, no momento, em escrever a minha monografia, eu perdi em muito o gosto pelo blog. Eu estou de saco cheio dos blogs de moda que encontramos por ai, e, se eu estou, vocês devem estar mais ainda né?

A moda dos blogs de moda agora tomou conta agora de Belo Horizonte também, o que, de uma certa forma, desvaloriza todo esse mundo. Não é de hoje que os blogs passaram a ser mais um artifício de auto-promoção da blogueira, como Kátia Resende falou uma vez em sua coluna "Internética", do Mundo Ela. Muito mais que falar sobre moda, as blogueiras de hoje estão preocupadas em mostrar seus "looks do dia", o que nada mais é do que uma desculpa para exibir tudo o que o seu tão vasto dinheiro pode comprar. E é incrível como os looks do dia sempre mostram todas as blogueiras com as mais recentes tendências, ou os chamados must have, dos melhores designers, aqueles que precisam de lista de espera e que não é qualquer um que pode bancar. Em nenhum momento essas fotos almejam servir de inspirações na hora das pessoas se vestirem.
É claro que existem exceções. O The Blonde Salad, um dos meus blogs preferidos onde bato ponto diário, é, como ela mesma descreve, um fashion diary, onde ela mostra, diariamente, os seus looks do dia. Mas Chiara Ferragni, a dona do blog, tem um estilo genuíno; ela ousa, faz misturas, experimenta coisas novas, e, principalmente, lança a própria moda. Além de que, ela posa para fotos lindas, em paisagens interessantes, e quem as tira realmente entende do que está fazendo. Não é só ela parada com cara de banana no quarto de bolsa no braço. E pessoas assim obviamente merecem toda a atenção que ganham. O que faz uma pessoa ser fashion é exatamente essa sua habilidade de mesclar peças caras com as baratas, de saber encontrar coisas lindas em qualquer lugar, se virar para se vestir bem com o que quer que esteja disponível, e, principalmente, ter um próprio senso de estilo que a permite criar.
Estilo verdadeiro não é copiar o que está vigorando e seguir à risca o que está em vigor, quer isso combine ou não com você, mas criar as próprias tendências,
Comprar tudo o que a Vogue te manda comprar é muito fácil. O ridículo é querer se exibir com isso.
E, ultimamente, esses looks do dia ainda passaram para um estágio superior de mediocridade. Além de servir para exibir tudo o que o dinheiro pode comprar, ele também serve de coluna social, para exibir todos os amigos que as blogueiras têm e com quem frequentam todas as festas mais badaladas.
Falar de moda que é bom, nada.

E a moda é uma coisa incrível. A moda é reflexo de toda a sociedade, a moda é viva, e é arte, mas, como tudo na vida, pode ser transformada em algo fútil. Só por ela lidar com as aparências e preocupar-se com a beleza, não faz dela fútil, mas dependendo do ângulo sob o qual ela é vista ela pode sim ser transformada em algo completamente medíocre. Mas, acredite, as grandes editoras de moda do mundo não vêem a moda assim: elas estão abertas a novidades, são elas que têm o olho para lançar a moda, e elas não estão nem aí para o julgamento dos outros muito menos para se exibirem. Assim como todos os grandes gênios estilistas, como McQueen, Christian Dior, Emilio Pucci, Yves Saint Laurein, Coco Chanel, etc...

E ainda há as que tentam fugir do lugar comum dos looks do dia. Mas o que eu também sinto falta, é de quem fuja do lugar comum das notícias da moda. Ora, nos dias de hoje, qualquer informação é extremamente acessível, e é muito fácil saber de tudo o que está acontecendo de primeira mão. Por isso é cada blog, na minha opinião, deve ter um ponto de vista, deve mostrar as coisas de um ângulo singular. Senão fica simplesmente redundante.
E foi isso que eu sempre tentei fazer. Mas o que eu sinto é que, na verdade, não há lugar para blogs que não sejam essa tal "coluna social". E eu me recuso a fazer um assim. Por isso é que, pelo menos por agora, vou dar um tempo do Very Next Week. Não é um "adeus", é mais como um "até logo". Mas no momento eu realmente não tenho tempo para me dedicar a algo que perdeu completamente a graça e o sentido para mim. Talvez mais pra frente quando eu estiver mais livre e disposta a me empenhar num blog que realmente possa fazer o diferencial. Mas com posts intermitentes como esses meus eu não consigo provar o meu ponto. Então, no momento, eu estou de férias, por período indeterminado. Espero que compreendem e, se possível, me apoiem.

xx

3 comentários:

jujuparis disse...

Nenissima! Aprendi um monte de coisas aqui no seu blog. Fiquei impressionada com seu olhar sobre a moda e com a suas analises sempre perspicazes e principalmente, AUTENTICAS.
Autenticidade - ça c'est la vraie fashion attitude!

Bjos
Juju

Ila disse...

Adoro seu blog e concordo 100% com vc sobre isso tudo! Que pena que vc vai parar de postar,mas tambem desisti do meu blog...

Lu disse...

Neninha!! Fico triste que você resolveu parar de escrever, mas apoio sua decisão. Acredito em tudo o que você falou e acho que um blog, antes de qualquer coisa, deve ser fonte de prazer. Quando você resolver voltar, pode ter certeza que serei sua maior leitora! Acho que você tem muito talento e fala de assuntos diferentes de um modo que eu não acho em nenhum outro blog. Você me tem como fã!